Apresentação


Ao longo da história do cinema temos assistido a um complexo debate sobre a relação recíproca entre o cinema e as outras artes que se caracteriza, sobretudo, por um conjunto de esforços criativos e gestos experimentais de ambos os domínios, permeado por dialogismos que transitam entre a expressão das outras artes no cinema e a transmutação do cinema nas outras artes. Desde a defesa do valor estético da imagem em movimento até às formas mais híbridas construídas sob novos referenciais, o cinema está em constante relação de reciprocidade com as outras artes, quer seja por uma relação de tensão, de presença de uma na outra, ou em última instância, de diluição das fronteiras. Este campo investigativo encontra nas possibilidades operativas da intertextualidade e no regime dialógico da construção artística, processos metodológicos capazes de estruturar o discurso científico.
O encontro internacional O Cinema e as outras Artes terá a sua quarta edição nos dias 9, 10 e 11 de dezembro de 2020, na Universidade da Beira Interior. O seu principal objetivo passa por promover a discussão/reflexão sobre problemáticas atuais relativamente ao diálogo entre as diferentes formas de arte, tendo como ponto de contacto o cinema. Procurando reunir esforços para ensaiar hipóteses de leitura interdisciplinares e interculturais, são convidados a participar neste encontro, investigadores das diversas áreas científicas, com especial preponderância para os Estudos Fílmicos, os Estudos Artísticos e os Estudos Culturais, que, em diferentes domínios disciplinares e fases de investigação, se ocupam destas questões.

Programa


Sessão de abertura: 9h – 9h30m
Com a presença de:
Presidente da Faculdade de Artes e Letras, Prof. Doutor José Rosa Presidente do Departamento de Artes, Prof. Doutor Luís Nogueira Presidente do Instituto Coordenador da Investigação (ICI) e da Sopcom, Prof. Doutor Paulo Serra Diretora do LabCom, Prof.ª Doutora Anabela Gradim Coordenador do Grupo de Investigação em Artes – LabCom, Prof. Doutor Francisco Paiva Coordenadora do Grupo de Investigação Poéticas Feministas, Prof.ª Doutora Roberta Veiga
Painéis 9.1
9.30 - 11.00h
Sala A: O Cinema e as Outras Artes
Moderação: Nelson Araújo

Ana Catarina Pereira : O filme sobre o filme: A memória de Bárbara Virgínia recuperada por Luísa Sequeira
Liliana Rosa : Coralidades trágicas em Ruínas (2009) de Manuel Mozos
Anabela Branco Oliveira : Federico Fellini : Arquitetura e fingimento

Sala B: Literatura I
Moderação: Maria do Rosário Lupi Bello

Eduardo Nunes : Aquecidos pelas emoções do Oeste: O imaginário fílmico em dois romances de estrada portugueses
Tiago Vieira da Silva : Vale Abraão e o texto literário nas intermitências da imagem cinematográfica
Pedro Oliveira Galvão de Arruda : Das arábias: a epifania joyciana em Arábia de Affonso Uchôa e João Dumans
Coffe-break: 11.00 – 11.30h
Painéis 9.2
11.30 - 13h
Sala A: Vanguardas Artísticas I
Moderação: Liliana Rosa

Moghadaseh Rouhi Ardeshiri : My digital body: Actor versus player
Nadia Imelda Moncada Sevilla : El video-ensayo y sus posibilidades dentro de la academia iberoamericana
Anna Clara da Silva Petracca : A câmera de vídeo na performance art e a (des)construção da mulher a partir de Martha Rosler e Hannah Wilke

Sala B: Pintura
Moderação: António Júlio Rebelo

Mauro Luciano Souza de Araújo : Glauber Rocha em sua dimensão pictural: Efeitos de uma imagem primitiva
Ana Isabel Soares : “Dizer verdade a fingir”: A pintura em Os Maias de João Botelho (2014)
Maria Irene Aparício : Gestos Suspensos: O “cinema” de Pieter Bruegel e a “pintura” de Majewski
Almoço: 13.00 – 14.30h
Sessão Plenária
14.30 - 15.30h
Moderação: Nelson Araújo

Mirian Nogueira Tavares : Adapatção como Transcrição: Os Descaminhos de Pedro Almodóvar
Coffe-break: 15.30 – 16.00h
Painel 9.3
16.00 - 17.30h
Sala A : Vanguardas Artísticas II
Moderação: Carlos Alberto Trindade

Rui Filipe Antunes : A-Life art: Visualizing a possible model of the universe
Carlos Federico Buonfiglio Dowling : Ficções dadas: Novas epistemologias da narração audiovisual expandida
Denise Costa Lopes : O cinema em trânsito de André Parente como arqueologia das mídias
Ana Carvalho : Influência do Machinima nas artes digitais contemporâneas

Sala B : Literatura II
Moderação: Liliana Rosa

Nuno Medeiros : Transferências mediáticas de ciclo completo ou o livro de torna-viagem: Os cine-romances da editora Romano Torres
Renato Trevizano dos Santos : m tríptico pasoliniano: O cinema em comunhão com a literatura, a música e a pintura
Juan José Domínguez López :Ethos, Pathos, Logos: el cine como sistema retórico.

Sala C: Fotografia
Moderação: Anabela Branco de Oliveira

Felipe Muanis : As imagens dos outros: Cinema, ilustração e fotografia no século XIX
Eduardo Paz Barroso : Saber e registo fotográfico em Manoel de Oliveira
José Bértolo : Paisagem de Maremma entre o Cinema, a Fotografia e a Pintura de Jan Jedlička
Painéis 10.1
9.30 - 11.00h
Sala A : Artes Performativas
Moderação: Sérgio Bordalo e Sá

Elisenda Díaz Garcés : Invocar el texto teatral en la intimidad del hogar: Del personaje a la persona del actor en L’amour fou y Viola
Daniel Tércio : A Câmara de Filmar enquanto agente coreográfico nos anos sessenta e setenta
Thais Craveiro : Artes e Revolução Chinesa: As relações intermidiáticas entre cinema e dança em Destacamento Vermelho de Mulheres

Sala B : Poesia
Moderação: Maria Irene Aparício

Mariana Lemos Schwartz : Imagens poéticas: O realismo onírico do filme Bestas do sul selvagem
Beatriz Avila Vasconcelos : Sobre o real: Perspectivas de cineastas e de poetas
António Júlio Rebelo : Revisitação ao filme de Ingmar Bergman O Ovo da Serpente: o medo como protagonista

Sala C : Found Footage
Moderação: Nelson Araújo

Julia Fagioli : Performance e montagem dos arquivos em dois filmes de Filipa César
Carlos Alberto de Matos Trindade : Joseph Cornell: Das “caixas” como uma nova forma artística ao cinema experimental
Rosa Coutinho Cabral : Clássico/Moderno
Coffe-break: 11.00 – 11.30h
Painel 10.2
11:30 - 13.00h
Sala A: Sonoridades
Moderação: António Costa Valente

Tiago Fernandes : Nas margens do Tejo e do Douro: Paisagens sonoras no cinema português das décadas de 50 e 60
Paulo Dias : A auto-desfuturação da música nos filmes de ficção científica
André Malhado : Música e tecnologia como forma de revelação apocalíptica: O caso do filme Total Recall

Sala B: Arquitetura
Moderação: Felipe Muanis

José Duarte : Da ordem e do caos: sobre Judge Dredd e Mega City-One
Pedro Crispim : O lar japonês em Yasujirō Ozu
Mateus Sanches Duarte : O cinema como uma arquitetura móvel

Sala C: Cultura Visual
Moderação: Caterina Cucinotta

Inês Rebanda Coelho : Créditos de um filme: Entre o reconhecimento artístico e as linguagens de poder
Rosileide Guedes Sant Ana de Farias : A cultura visual e os processos de criação como mediadores do design na escola 
Lilian Débora de Oliveira Barros / Felipe de Brito Lima / Rafael Pereira de Lira : Implementação de disciplinas do percurso formativo em cinema em um curso de graduação em artes visuais, com ênfase em digitais
Almoço: 13.00 – 14.30h
Sessão plenária
14.30 - 15.30h
Moderação: Anabela Branco de Oliveira

Edgar Pêra : Kino-Literatura
Coffe break: 15.30 – 16.00h
Painel 10.3
16.00 - 17.30h
Sala A: Processos Criativos
Moderação: Ana Isabel Soares

José Pedro Regatão / Mariana Viana : 2001 Odisseia no Espaço: Um Projeto de Construção de Livros de Artista
Luís Nogueira : A poiesis da musa ao manifesto: Porque criamos e como criamos
Alfonso Palazón : Retrato de lo cotidiano: Autobiografía y cine doméstico

Sala B: Poéticas Femininas, Políticas Feministas: As Mulheres no Cinema
Moderação: Ana Catarina Pereira

Roberta Veiga : Da vulva de Héloise surge Marianne: Cinema, pintura e gênero no dispositivo entreolhares de Retrato de uma jovem em chamas
Carla Italiana : Giving birth to myself: Uma escrita de si feminista e experimental em Sink or Swim (1990) de Su Friedr
Carla Maia : “Quando o invisível se torna visível, o olho demora a acostumar”: Notas sobre performance em Noir blue e Kbela
Lançamento e apresentação de livros
17.30 - 19.00h

Cinema e outras Artes III: Diálogos e inquietudes artísticas : organizado por Anabela Branco de Oliveira, Ana Catarina Pereira, Alfredo Taunay, Liliana Rosa e Nelson Araújo Apresentado por Eduardo Paz Barroso
Federico Fellini : A Inevitabilidade da Arte, de Anabela Branco de Oliveira Apresentado por Ana Catarina Pereira
Mulheres atrás das câmeras: As cineastas brasileiras de 1930 a 2018 : organizado por Luiza Lusvarghi e Camila Vieira da Silva Apresentado por Denise Lopes
Painel 11.1
9.30 - 11.00h
Sala A: Cultura Visual II
Moderação: Fátima Chinita

Maria da Luz Correia / Catarina Rodrigues : Vista mar: O cinema documental nos Açores na primeira metade do século XX
Francisco Ricardo Silveira : A (i)materialidade biocultural em The Lobster: violência, postergação e aporia
Leonardo Charréu : De Fahrenheit 451 a Os superficiais: Um cruzamento entre Livros, Cinema e Cultura Visual

Sala B: Materialidades I
Moderação: Juliana Fröelich

Maria do Rosário Lupi Bello : Do tempo e da luz: O caso de El sol del membrillo
Priscila Lima Freitas / Pedro Pinto de Oliveira : Materialidades do cinema: A comunicação pela luz
Eduardo Tulio Baggio / Wellington Gilmar Sari : Interconexões criativas e reflexividade: Da pintura maneirista aos filmes de Brian De Palma
Coffe-break: 11.00 - 11.30
Painel 11.2
11.30 - 13.00h
Sala A: Poéticas do Corpo I
Moderação: Ana Catarina Pereira

Sérgio Bordalo e Sá : Tetralogia Aliens – corpos e maternidade
Juliana Froehlich : Faces do grotesco feminino: O corpo da mulher entre o cinema e a fotomontagem
Kelly Ambrozzio / Sílvia Wichan : A sexualização dos corpos femininos nos videoclipes da cultura pop e a controvérsia do empoderamento

Sala B: Materialidades II
Moderação: Paulo Dias

Helio Ricardo Sauthier : Imaginários da mulher casta e da mulher profana: Cruzamento de imagens entre cinema, pintura e moda, a partir de A Bela da Tarde de Luis Buñuel
João Pedro Cachopo : Lady of the Tropics de Jack Conway ou o destino de Manon entre literatura, ópera e cinema
Fátima Chinita : Filme-Ópera: Simbiose entre cinema e ópera em Othello Orson Welles, 1951)
Almoço: 11.00 - 11.30h
Sessão plenária
14.30 - 15.30
Moderação: Alfredo Taunay

Sylvie Debs – Cabra (francesa) marcada para percorrer o sertão
Coffe-break: 15.30 - 16:00h
Painel 11.3
16.30 - 17.30h
Sala A: Poéticas do Corpo II
Moderação: Anabela Branco de Oliveira

Glaura Cardoso Vale : O meio, o corpo e a técnica em Di Glauber (1977)
André Francisco : O corpo, o movimento e a passagem do tempo em Walker de Tsai Ming-Liang
Nathan Costa / Tadeu Bousada : Ancestralidade e transdisciplinaridade no cinema: O corpo como espaço político nas obras de Anderson Bardot e Castiel Vitorino Brasileiro

Sala B: Filosofia
Moderação: Inês Rebanda Coelho

Pedro Pinto de Oliveira / Benedito Diélcio Moreira : Cinema com ciência e arte: A potência do ensaio audiovisual científico
António Costa Valente : Festivais de cinema em Portugal entre espaços públicos e aglomerados populacionais
Caterina Cucinotta / Jesús Ramé : Moda e montagem no cinema: A metodologia mental do corte e cose
Sessão de Encerramento: 17:30h

Oradores

Mirian Nogueira Tavares

Mirian Nogueira Tavares é professora associada da Universidade do Algarve, Portugal. Com formação académica nas Ciências da Comunicação, na Semiótica e nos Estudos Culturais (doutorou-se em Comunicação e Culturas Contemporâneas pela Universidade Federal da Bahia), tem desenvolvido o seu trabalho de investigação e de produção teórica nas áreas das estéticas fílmica e artística. Como professora da Universidade do Algarve, participou na elaboração do projeto de licenciatura em Artes Visuais, do mestrado e doutoramento em Comunicação, Cultura e Artes e do doutoramento em Média-Arte Digital. Atualmente é coordenadora do CIAC (Centro de Investigação em Artes e Comunicação) e vice-coordenadora do doutoramento em Média-Arte Digital. Tem realizado trabalhos de curadoria desde 2005. São exemplos O Século XX passou por aqui (no âmbito de Faro — Capital Nacional da Cultura, 2005), Dialogue Boxes on Street Windows (cocuradoria com o artista Xana, no âmbito do projeto Allgarve, 2009), Politically Excited (2012) e Arte: Um Assunto de Mulheres (Galeria Trem, Faro, 2015). Como cocuradora das exposições da Galeria Trem, desde 2009, tem produzido todos os textos de folha de sala e colaborado com textos para catálogos de artistas como Pedro Cabrita Reis, Pedro Cabral Santo ou Manuel João Vieira. De forma intermitente, colabora com a ARTECAPITAL.NET.

Sylvie Debs

Doutora em Literatura Comparada pela Universidade Le Mirail, de Toulouse. Professora Titular na Universidade de Estrasburgo, onde leciona no Departamento de Informação e Comunicação. Sylvie Debs é considerada uma das maiores especialistas em cinema brasileiro na França. É autora dos livros: Patativa de Assaré (2000), Os mitos do sertão: emergência de uma identidade nacional (2002), Brasil: o ateliê dos cineastas (2004) e Cinema e literatura: um jogo de espelhos (2014), bem como inúmeros artigos sobre cinema, literatura de cordel e cultura popular. Participou como jurada em inúmeros festivais de cinema no Brasil e, desde 1996, colabora com o Cinélatino e a revista Cinémas d’Amérique Latine, em Toulouse. Entre 2006 e 2010 ocupou o cargo de Adida de Cooperação e Ação cultural na Embaixada da França no Brasil e posteriormente no México (2010-2013), obtendo uma ampla experiência em difusão e cooperação cultural, o que a levou a participar de diversos seminários internacionais sobre a cultura contemporânea. É representante da Rede Internacional de Cidades de Refúgio (ICORN) e fundadora da rede de CAsas BRAsileiras de Refúgio (CABRA), criada para acolher escritores/as e artistas ameaçados em seus países de origem. Com o objetivo de construir uma rede de universidades-refúgio, segundo o conceito de Jacques Derrida, CABRA organiza palestras e seminários em universidades públicas sobre artistas em risco. A rede fornece comunicação e informação sobre a ICORN no Brasil através de seu (www.cabras.org) e de sua página no Facebook: casasbrasileirasderefugio.

Edgar Pêra

A primeira fase da obra de Edgar Pêra, encontra o seu expoente com o filme A Cidade de Cassiano (Grand Prix, Festival Films D’architecture 1991). Pêra tem vindo a retratar nas suas obras temas como o Trabalho, o Tempo, a Liberdade, a Realidade e a Alienação. Debruçando-se sobre a vida e/ou obra de pensadores e artistas como Agostinho da Silva, Alberto Pimenta, Almada Negreiros, Amadeo de Souza-Cardoso, António Pedro, Carlos Paredes, Dead Combo, Fernando Pessoa, H.P. Lovecraft, João Queiroz, Lydia Lunch, Madredeus, Manuel João Vieira, Manuel Rodrigues, Maria Isabel Barreno, Nuno Rebelo, Miguel Esteves Cardoso, Paulo Varela Gomes, Pedro Ayres Magalhães, Rudy Rucker, Alexander Zograf, Robert Anton Wilson, Souto Moura, Terence Mckenna, Legendary Tigerman, Ney Matogrosso, entre outros. A sua primeira longa-metragem Manual de Evasão LX 94 (para Lisboa Capital da Cultura 1994) estreou-se em 1994, e segue-se A Janela (Maryalva Mix) (selecção oficial do Festival Locarno de 2001). A partir daí a montagem plástica associa-se às emoções em filmes como O Homem-Teatro (Locarno, 2002). Em 2004, os seus trabalhos são objecto uma retrospectiva no World Wide Video Festival. Em 2006 estreia Movimentos Perpétuos (Prémio Público, Melhor Filme e Fotografia) no Indie Lisboa, que lhe dedica uma retrospectiva na secção Herói Independente. Ainda em 2006 em Paris, Pêra vence o prémio Pasolini pela sua carreira, juntamente com Alejando Jodorowsky e Fernando Arrabal. Em 2011 estreia no Festival de Roterdão o seu filme mais consensual e mais premiado O Barão, e inicia uma intensa pesquisa no formato tridimensional para o livro-filme da sua tese de doutoramento O Espectador Espantado. Realizou desde então14 filmes 3D, entre os quais: Stillness (Festival de Oberhausen, 2014), Lisbon Revisited, (Locarno 2014), A Caverna (Festival Vila do Conde 2015), Delírio em Las Vedras (Roterdão, São Paulo, 2017). É co-autor (segmento Cinesapiens) da longa-metragem antológica esteroscópica 3x3D, em conjunto com Jean-Luc Godard e Peter Greenaway estreada no Festival de Cannes de 2013. Já dentro de uma estética “popular”, realizou Virados do Avesso (2014), o seu primeiro filme a ultrapassar os 120.000 espectadores. Em 2018 realizou O Homem-Pykante Diálogos Kom Pimenta (IndieLisboa, Roterdão), sobre a vida e obra do poeta Alberto Pimenta e estreou no Festival de São Paulo a longa-metragem Caminhos Magnéticos, uma adaptação distópica da obra homónima de Branquinho da Fonseca, protagonizada por Dominique Pinon e Ney Matogrosso. Depois das retrospectivas em cidades como Reus (2000), Cork (2011) e Seoul (2014), a Fundação de Serralves dedicou-lhe em 2016 uma extensa retrospectiva da sua obra fílmica, plástica e gráfica. Em 2019, o Festival de Roterdão dedica-lhe a maior retrospectiva de sempre, com 26 sessões e 24 apresentações dos seus filmes, culminando no Cine-Concerto Lovecraftland. Recentemente terminou as rodagens do filme Não Sou Nada – The Nothingness Club, que se encontra neste momento em fase de montagem. Proferiu inúmeras masterclasses e cine-conferências.

Chamada de Trabalhos (encerrada)


A organização O Cinema e as outras Artes convida toda a comunidade científica, a submeter propostas originais que se enquadrem na dinâmica do evento, até dia 15 de Novembro de 2020.
Cada proponente poderá apresentar apenas uma proposta de comunicação. As comunicações poderão ser apresentadas por coautores, desde que um dos proponentes esteja devidamente inscrito no encontro. Todas as comunicações terão a duração máxima de 20 minutos, independentemente do número de coautores. Serão também permitidas propostas de mesas temáticas enviadas por grupos de proponentes.

Nota importante: Estão registadas as propostas de comunicação recebidas até à data. Os proponentes serão notificados até ao dia 4 de novembro de 2020.

Resumos:
Os resumos devem ser enviados em formato Word document para o email c_@labcom.ubi.pt, incluindo a seguinte informação:

  • Autor(es)
  • Filiação institucional
  • Título da proposta
  • Resumo (máx. 500 palavras) mais cinco palavras-chave
  • Biografia de cada autor (máx. 150 palavras)

Artigos finais:

  • Os artigos finais selecionados serão incluídos no e-Book do evento a ser editado por LabCom.IFP.
  • O prazo para envio dos artigos finais para posterior avaliação decorrerá de 10 de novembro a 31 de janeiro de 2020.

  1. Instruções para os autores:
    • A contribuição é original e inédita e não se deve encontrar sob revisão ou para publicação por outra edição. Os artigos, bem como a autorização de publicação das imagens, são da exclusiva responsabilidade dos autores.
      São aceites artigos em Português, Inglês, Francês e Espanhol. O formato para submissão deve ser em Microsoft Word. As imagens devem ser incluídas no texto e ser enviadas em separado (formato JPEG, PNG, PDF com 300 dpi de resolução)
  2. O artigo deve seguir os padrões de estilo e requisitos bibliográficos a seguir descritos:
    1. O artigo deve ter no máximo 15 páginas e seguir a seguinte estrutura:
      Título do artigo;
      Autor;
      Introdução;
      Texto;
      Conclusão;
      Referências bibliográficas e filmográficas;
      Filmografia;
    2. Referências bibliográficas e filmográficas:
      As referências devem seguir as normas APA (American Psychological Association). Ver exemplo dos dois primeiros volumes disponíveis on-line http://www.labcom-ifp.ubi.pt/book/335
    3. Citações:
      As citações no texto e notas de rodapé devem seguir as normas APA (American Psychological Association).(Não serão publicados artigos que não sigam estas normas). Ver exemplo dos dois primeiros volumes disponíveis on-line http://www.labcom-ifp.ubi.pt/book/335
    1. Imagens: O artigo pode conter imagens inseridas ao longo do texto. Todas as imagens devem conter uma legenda com o formato: "Imagem 1: conteúdo da legenda" (Não serão publicadas imagens sem legenda).
    2. Formatação do texto:
      Título do artigo: Times New Roman; letra tamanho 14; espaço entre linhas 1,5; alinhamento à esquerda.
      Autor: Times New Roman; letra tamanho 12; espaço entre linhas 1,5; alinhamento à esquerda.
      Corpo do texto: Times New Roman; letra tamanho 12; espaço entre linhas 1,5; alinhamento justificado.
      Notas de rodapé/final de página: Times New Roman, corpo 10, parágrafo espaço simples, alinhamento justificado; as notas devem seguir a numeração árabe.
      Citações: As citações com 40 ou mais palavras devem ser separadas do corpo do texto por um parágrafo; letra tamanho 10; espaço entre linhas simples; alinhamento justificado.
      Referências bibliográficas e filmográficas: Times New Roman; letra tamanho 12; espaço entre linhas 1,5; alinhamento justificado.

    3. ATENÇÃO: Qualquer dúvida, siga o exemplo da publicação dos dois primeiros volumes disponíveis on-line http://www.labcom-ifp.ubi.pt/book/335

Idiomas de trabalho:

  • Português, Inglês, Espanhol e Francês

Calendário

  • 25/10 – 15/11/2020 – Submissão de propostas
  • 20/11/2020 – Notificação dos autores com propostas aceites
  • 23/11/2020 – Data limite para inscrição dos autores com propostas aceites
  • 30/11/2020 – Divulgação do programa final
  • 9 – 11/12/2020 – Encontro O Cinema e as outras Artes

Inscrição


A inscrição no evento terá uma taxa de inscrição no valor de 20€ para todos os participantes com propostas aceites.

A taxa de inscrição reverterá, na totalidade, para a edição e revisão dos nossos volumes de Cinema e Outras Artes.


Para formalização da inscrição é necessário enviar um e­mail para c_@labcom.ubi.pt com a seguinte informação:

  • Nome completo
  • Instituição (se aplicável)
  • Profissão, Ocupação ou Curso Frequentado
  • E-mail de contacto
  • Morada
  • Comprovativo de transferência bancária
  • [Para efeitos de recibo solicita-se também a indicação do NIF]

Dados para transferência bancária:

  • Banco SANTANDER TOTTA
  • IBAN PT50 0018 0003 23220304020 89
  • SWIFT code TOTAPTPL

Nota: O evento é aberto a toda a comunidade científica interna ou externa à Universidade da Beira Interior. Todos aqueles que pretendam assistir ao mesmo poderão fazê-lo gratuitamente e sem qualquer tipo de inscrição prévia.

Comissões


Comissão Científica

  • Abílio Hernandez Cardoso
    Faculdade de Letras, Universidade de Coimbra (PT)
  • Ana Catarina Pereira
    UBI | LabCom.IFP
  • Ana Isabel Soares
    Faculdade de Ciências Humanas e Sociais, Universidade do Algarve (PT)
  • Anabela Branco de Oliveira
    UTAD | LabCom.IFP
  • António Costa Valente
    Departamento de Comunicação e Arte, Universidade de Aveiro | Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (PT)
  • Antonio Fatorelli
    Escola de Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro (BR)
  • António Preto
    Escola Superior Artística do Porto (PT)
  • Carlos Melo Ferreira
    Escola Superior Artística do Porto (PT)
  • Carmen Peña-Ardid
    Facultad de Filosofía y Letras, Universidad de Zaragoza (ES)
  • Caterina Cucinotta
    Universidade Nova de Lisboa
  • Cezar Migliorin
    Universidade Federal Fluminense
  • Daniel-Henri Pageaux
    Sorbonne Nouvelle, Université de Paris III (FR)
  • Daniel Tércio
    Instituto de Etnomusicologia | Centro de Estudos em Música e Dança, Universidade de Lisboa (PT)
  • Dietrich Neumann
    Department of the History of Art and Architecture | Urban Studies, Brown University (DE)
  • Eugénia Pereira
    Universidade de Aveiro
  • Fátima Chinita
    Escola de Teatro e Cinema
  • Felipe de Castro Muanis
    Universidade Federal de Juíz de Fora
  • Filomena SObral
    Escola Superior de Educação de Viseu
  • Francisco Paiva
    Faculdade de Artes e Letras, Universidade da Beira Interior (PT)
  • François Penz
    Department of Architecture, University of Cambridge (FR)
  • Giovanbattista Tusa
    Ifilnova/NOVA FCSH, Universidade Nova de Lisboa
  • Helder Gonçalves
    Universidade da Beira Interior
  • Índia Mara Martins
    Universidade Federal Fluminense
  • Jord den Hollander
    Cineasta, arquiteto e diretor do Architecture Film Festival Rotterdam (NL)
  • Jorge Gorostiza
    Arquiteto e Urbanista, Gobierno de Canarias, (ES)
  • Leonor Areal
    Universidade Nova de Lisboa
  • Liliana Rosa
    ESAP / IFILNOVA-NOVA-FCSH

  • Luís Urbano
    Faculdade de Arquitectura, Universidade do Porto (PT)
  • Luís Nogueira
    Faculdade de Artes e Letras, Universidade da Beira Interior (PT)
  • Manuel Deniz Silva
    Instituto de Etnomusicologia | Centro de Estudos em Música e Dança, Universidade Nova de Lisboa (PT)
  • Manuela Penafria
    LabCom.IFP
  • Maria Begoña Gutierrez
    Universidade de Salamanca
  • Maria João Cortesão
    ESMAND/IPP
  • Maria Da Luz Correia
    Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, Universidade do Minho | Universidade dos Açores
  • Maria do Rosário Lupi Bello
    Departamento de Humanidades, Universidade Aberta (PT)
  • Margarida Medeiros
    Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa (PT)
  • Maria Irene Aparício
    Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa (PT)
  • Maria João Castro
    Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa (PT)
  • Mirian Tavares
    Faculdade de Ciências Humanas e Sociais, Universidade do Algarve (PT)
  • Nélson Araújo
    CEAA / ESAP
  • Paulo Filipe Monteiro
    Universidade Nova de Lisboa
  • Paulo Serra
    Faculdade de Artes e Letras, Universidade da Beira Interior (PT)
  • Rosa Alice Branco
    Poetisa
  • Sérgio Guimarães de Sousa
    Instituto de Letras e Ciências Humanas, Universidade do Minho (PT)
  • Sérgio Miguel Bordalo de Sá
    Instituto de Etnomusicologia - Centro de estudos em Música e Dança, Faculdade de Motricidade Humana, Universidade de Lisboa (PT)
  • Stefanie Baumann
    Ifilnova/NOVA FCSH, Universidade Nova de Lisboa
  • Susana Nascimento
    Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa (PT)
  • Susana Lourenço Marques
    Faculdade de Belas Artes, Universidade do Porto (PT)
  • Tito Cardoso e Cunha
    Faculdade de Artes e Letras, Universidade da Beira Interior (PT)
  • Vania Baldi
    Universidade de Aveiro
  • Vasco Carvalho
    Escola das Artes, Universidade Católica do Porto (PT)


Comissão Organizadora
  • Anabela Branco de Oliveira
    UTAD | LabCom.IFP
  • Ana Catarina Pereira
    UBI | LabCom.IFP
  • Liliana Rosa
    ESAP / IFILNOVA-NOVA-FCSH
  • Alfredo Taunay
    LabCom.IFP
  • Nélson Araújo
    CEAA / ESAP
Comissão Executiva
  • Mércia Pires
    Secretariado
  • Sara Constante
    Design
  • Marcela Silva
    Web Developer / Apoio Informático
  • Delfina Rodrigues
    Tradução
  • LabCom.IFP
    Apoio Logístico

Contactos

Geral:
c_@labcom.ubi.pt

Localização

Universidade da Beira Interior
Faculdade de Artes e Letras
Departamento de Comunicação e Artes
Rua Marquês D'Ávila e Bolama
6201-001 Covilhã, Portugal

Telefone
(+351) 275 242 023 / ext. 1201

Facebook

Informações Úteis


De transportes públicos:

  • A partir de Lisboa - comboio ou de autocarro (duração média da viagem: 3h30 a 4h)
  • A partir do Porto - autocarro (duração média da viagem: 3h30 a 4h)


De carro:

  • A partir de Lisboa - autoestradas A1 e A23
  • A partir do Porto - autoestradas A1, A25 e A23
  • GPS: +40° 16' 40.31" -7° 30' 32.30"


Alojamento: