Apresentação


“Jornalismo nos Meios Regionais no Séc. XXI: Práticas, Deontologia e Formação” é o tema do I Encontro Nacional de Jornalistas de Meios Regionais (#ENJMR21, que irá decorrer de 30 de setembro a 2 de outubro de 2021, na Universidade da Beira Interior (UBI). Uma iniciativa do Re/media.Lab – Laboratório e Incubadora de Media Regionais.

“É um encontro que se pretende abrangente e uma oportunidade para, entre jornalistas, debatermos os desafios que se colocam à profissão e também aos modelos de negócio que estão associados ao setor”, refere Nuno Francisco, presidente da comissão organizadora.

“Vai ser uma grande reunião de jornalistas dos media regionais e serve como corolário do Re/media.Lab”, acrescenta João Carlos Correia, investigador responsável daquele projeto. O jornalismo de proximidade “está a suscitar um interesse cada vez maior e por isso é um encontro que, para além dos jornalistas, vai contar com a presença de académicos e responsáveis pela definição de políticas públicas, bem como representantes do sector”, acrescenta.

O #ENJMR21 privilegiará a participação presencial, ainda que limitada, considerando as indicações das autoridades da saúde e em virtude da pandemia. Simultaneamente, haverá transmissão online. Esta é uma iniciativa do Re/media.Lab – Laboratório e Incubadora de Media Regionais, projeto sediado no LabCom – Comunicação e Artes, unidade de investigação da Faculdade de Artes e Letras da UBI. Iniciado em maio de 2018, decorre até janeiro de 2022 e conta com o cofinanciamento do Centro 2020, Portugal 2020, União Europeia (FEDER) e a Fundação para Ciência e Tecnologia.

Inscrições


As inscrições para o #ENJMR21 são gratuitas e decorrem até 15 de setembro, através de formulário próprio.


14h00
Sessão de abertura

João Carlos Correia (Investigador Responsável do Re/media.Lab)

Nuno Francisco (Presidente da Comissão Organizadora)

Mário Raposo (Reitor da UBI)

Presidente da República (a confirmar)


Conferência
"A liberdade de expressão - elogio dos seus limites"

Mário Mesquita (jornalista e vice-presidente do Conselho Regulador da ERC)

16h00
Sessão plenária 1
"Empresas e dinâmicas socioprofissionais"

Moderação: Arminda do Paço

João Palmeiro (APImprensa)
Joaquim Fidalgo (Univ. Minho)


09h30
Sessão plenária 2
"Edição"

Moderação: Anabela Gradim

Luís Bonixe (Inst. Politécnico de Portalegre)
António Granado (Univ. Nova de Lisboa)

12h30 - 14h00
Pausa para almoço

14h00
Sessão plenária 3
"Deontologia"

Moderação: João Carlos Correia

Carlos Camponez (Univ. Coimbra)
Marisa Torres da Silva (Univ. Nova de Lisboa)

16h00 - 16h30
Pausa

16h30
Sessão plenária 4
"Formação"

Moderação: José Ricardo Carvalheiro

Ana Isabel Reis (Univ. Porto)
Sandra Marinho (Univ. Minho)

10h30
Conferência de Encerramento
"Cultivating audience trust and community: The experiences of UK local journalists in the coronavirus pandemic"

Karin Wahl-Jorgensen (Univ. Cardiff, Reino Unido)

12h00
Sessão de Encerramento

João Carlos Correia (Investigador Responsável do Re/media.Lab)

Nuno Francisco (Presidente da Comissão Organizadora)

Paulo Serra (Vice-Reitor da UBI)


Nota: As sessões plenárias iniciam e terminam com uma breve intervenção dos académicos convidados, sendo a maioria do tempo dedicada ao debate com e entre jornalistas.

Oradores

Ana Isabel Reis

Ana Isabel Reis é professora de jornalismo/rádio na Licenciatura em Ciências da Comunicação: Jornalismo, Assessoria, Multimédia da Faculdade de Letras da Universidade do Porto. É doutorada em Ciências da Comunicação com especialização em Estudos Jornalísticos pela Universidade do Minho. Investigadora em rádio, jornalismo radiofónico, história da rádio, rádio e som/áudio na Internet. Foi jornalista em várias redações de rádio. Foi diretora do JPN_JornalismoPortoNet, o jornal digital da licenciatura de Ciências da Comunicação da UP. É fundadora da Associação REC – Repórteres em Construção, cuja direcção actualmente preside.

António Granado

António Granado é professor associado na NOVA FCSH, onde co-coordena o mestrado em Comunicação de Ciência. Foi jornalista profissional durante mais de 26 anos, tendo-se especializado na área do jornalismo de ciência. Fez a maior parte da sua carreira no jornal Público, onde foi, para além de jornalista, editor de ciência, sub-director, chefe de redacção e editor do Publico.pt. Entre Setembro de 2010 e Março de 2014 foi editor multimédia na RTP. Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas - variante de Estudos Portugueses e Ingleses (1984), pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, é mestre em Jornalismo de Ciência (1994) pela Universidade de Boston, nos EUA, e doutorado em Ciências da Comunicação (2008) pela Universidade de Leeds, no Reino Unido.

Carlos Camponez

Carlos Camponez é professor da Universidade de Coimbra e membro do Centro de Estudos Interdisciplinares, onde exerce as funções de diretor da Mediapolis - Revista de Comunicação Jornalismo e Espaço Público, de que foi fundador. Nos últimos anos, os seus interesses de investigação têm incidido, em particular, sobre os temas da Ética e da Deontologia do Jornalismo e os estudos socioprofissionais dos jornalistas. É autor dos livros Jornalismo de Proximidade e Deontologia do Jornalismo, para além de outros livros publicados em co-autoria. É membro da direção da Associação Portuguesa de Ciências da Comunicação e do Conselho Deontológico do Sindicato de Jornalistas

João Palmeiro

João Palmeiro é especialista em Políticas Públicas, Gestão e Organização de Empresas de Media. Doutorado pela Universidade de Salamanca e mestre em Educação e Multimédia pela Universidade Aberta. Na sua formação académica podemos ainda destacar vários cursos, nomeadamente o Magíster em Ciências da Comunicação da Universidade de Pontifícia de Salamanca, a Pós-graduação em Direito da Comunicação e da Informação no Instituto Jurídico da Comunicação da Universidade de Coimbra, o Curso de Informação e Comunicação no Instituto de Alto Estudos da Administração Pública, em Paris, o Bacharelato em Ciências da Comunicação no Instituto Erasmus, o Curso de Informação e Comunicação na Administração Pública no Instituto Nacional de Administração e o Curso de Defesa Nacional do Instituto de Defesa Nacional. Atualmente é Presidente da API – Associação Portuguesa de Imprensa e da VISAPRESS, Presidente do Conselho Geral do IPC e Presidente do Conselho do Fundo de Inovação Digital News Initiative da Google. Fruto da larga experiência e conhecimentos, tem exercido vários cargos, dos quais se destacam: Professor da Universidade Fernando Pessoa;Membro do Comité Executivo da FIPP – Federação Internacional dos Editores de Revista;Membro da Direção da ENPA – Federação Europeia de Editores de Jornais; Membro da Direção da EMMA – Associação Europeia de Revistas; Vice-Presidente da FAEP –Federação Europeia de Editores de Revistas e Membro do Conselho de Opinião da RTPEP.

Joaquim Fidalgo

Joaquim Fidalgo é Professor Auxiliar aposentado da Universidade do Minho (Braga – Portugal), onde ensinou Jornalismo e Ética da Comunicação. É também investigador sénior do Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (CECS), um centro integrado no Instituto de Ciências Sociais (ICS). Concluiu o seu doutoramento em Ciências da Comunicação em 2007, com uma tese sobre a identidade profissional dos jornalistas, sua ética e auto- regulação. Antes de se dedicar ao ensino e à investigação, trabalhou como jornalista profissional, entre 1980 e 1999, nalguns dos mais relevantes jornais portugueses (Jornal de Notícias, Expresso, Público). Foi também, entre 1999 e 2001, Provedor do Leitor do diário Público – um jornal a cuja equipa fundadora pertenceu. Tem diversos livros publicados: “A Surpresa dos Instantes” (2000), “Em Nome do Leitor – As colunas do Provedor do PÚBLICO” (2004), “O Jornalista em Construção” (2008), “O lugar da ética e da auto-regulação na identidade profissional dos jornalistas” (2009).

Luís Bonixe

Luís Bonixe é doutorado em Ciências da Comunicação, com especialização em Jornalismo pela FCSH - Universidade Nova de Lisboa. É autor de dois livros sobre jornalismo radiofónico. Publicou vários capítulos e artigos em revistas nacionais e internacionais sobre rádio, jornalismo, jornalismo local e jornalismo online. É professor de jornalismo no Instituto Politécnico de Portalegre e investigador do ICNova. Foi membro fundador do Grupo de Trabalho de Rádio e Meios Sonoros da Sopcom, ao qual ainda pertence. Foi um dos fundadores do projeto REC-Repórteres em Construção que junta em rede vários cursos de jornalismo em Portugal. Integra atualmente a equipa do projeto “Academia da Leitura do Mundo: o jornalismo, a comunicação e eu” da Fundação Calouste Gulbenkian.

Mário Mesquita

Mário Mesquita é jornalista e Vice-Presidente do Conselho Regulador da Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC), desde 14 de dezembro de 2017. Licenciou-se em Comunicação Social pela Universidade Católica de Lovaina. Foi jornalista do República (1971- 1975), diretor (1978-1986) e director-adjunto (1975-1978) do Diário de Notícias; diretor do Diário de Lisboa (1989-1990). Provedor dos leitores do Diário de Notícias (1997-98). Ajudou a criar a licenciatura em Jornalismo da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, na qualidade de professor associado convidado (1993-1988). Foi ainda professor em várias instituições do Ensino Superior em Portugal. Pela sua atividade de jornalista, foram-lhe atribuídos o Prémio Artur Portela, concedido pela Casa de Imprensa pela carreira profissional (1987); o Prémio de Reportagem do Clube Português de Imprensa (1986), o Prémio Gazeta de Mérito, concedido pelo Clube dos Jornalistas, pela atividade desenvolvida na qualidade de provedor dos leitores (1998); e o Prémio Nacional Manuel Pinto de Azevedo Jr., na modalidade de Investigação, concedido pelo jornal O Primeiro de Janeiro (1999). Entre outras distinções, foi condecorado com a Ordem do Infante D. Henrique (1981), pelo Presidente António Ramalho Eanes, pela sua atividade cívica e política.

Marisa Torres da Silva

Marisa Torres da Silva é Professora Auxiliar na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (NOVA FCSH) e investigadora integrada do Instituto de Comunicação da NOVA (ICNOVA). Com doutoramento em Ciências da Comunicação pela mesma universidade, os seus estudos têm-se centrado na área dos estudos dos media e jornalismo, em particular, na relação entre jornalismo, democracia e público, e tem diversas publicações científicas internacionais e nacionais em torno de temas como discurso de ódio, jornalismo participativo, diversidade e pluralismo nos media, género e produção noticiosa, ou consumo de notícias. Foi Investigadora Principal do projeto “Incivilidade e Discurso de ódio online: comentários às notícias em contexto eleitoral” (2020), apoiado pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC), e coordenadora da equipa nacional do projeto colaborativo internacional "News as Democratic Resources. Cross Cultural Comparative Research" (2013-2018). É coordenadora adjunta da Revista Media & Jornalismo e co-coordenadora do Grupo de Trabalho (GT) Públicos e Audiências da Associação Portuguesa de Ciências da Comunicação (SOPCOM). Foi jornalista freelancer (2001-2009) em várias publicações impressas portuguesas.

Karin Wahl-Jorgensen

Karin Wahl-Jorgensen é professora na Escola de Jornalismo, Media e Cultura de Cardiff. Doutorada pela Universidade de Stanford (EUA), é também doutorada honorária pela Universidade de Roskilde, Dinamarca. Foi nomeada ICA Fellow em 2020 e serviu como Ander Visiting Professor de Estudos de Geomedia na Universidade de Karlstad, Suécia, durante o ano académico de 2020/21. A sua pesquisa concentra-se em jornalismo e cidadania, e ela escreveu ou editou dez livros, perto de 70 artigos de periódicos e mais de 40 capítulos de livros. Livros recentes incluem Emotions, Media and Politics (2019, Polity), Digital Citizenship in a Datafied Society (2019, Polity, com Arne Hintz e Lina Dencik), e Handbook of Journalism Studies, 2ª edição (2020, Routledge, coeditado com Thomas Hanitzsch). A sua pesquisa foi financiada pelo ESRC, pela Comissão Europeia, pelo AHRC, pelo Australian Research Council e pelo BBC Trust. Ela ganhou, recentemente, financiamento da British Academy para o projeto “O impacto da pandemia COVID-19 nas start-ups de jornalismo comunitário no Reino Unido” (2020-2022). É também Partner Investigator no Australian Research Council Discovery Grant, onde avalia o desafio das 'fake news' e outras formas de desinformação. (PI: Axel Bruns, Queensland University of Technology; $431,000 (2020-2023).
Para mais informações, ver: www.cardiff.ac.uk/people/view/182966-wahl-jorgensen-karin

Sandra Marinho

Sandra Marinho é doutorada em Ciências da Comunicação, na área de Estudos de Jornalismo, pela Universidade do Minho em 2012, é professora na Universidade do Minho, onde tem ensinado nas áreas de Metodologias de Investigação (aos três ciclos de estudos) e Jornalismo. É investigadora do CECS (Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade), onde desenvolve investigação sobre a qualidade no ensino do jornalismo e a qualidade do jornalismo. Tem participado em diversos projetos de investigação (nacionais e internacionais). Foi diretora da Licenciatura em Ciências da Comunicação da UMinho e é, atualmente, diretora do Mestrado em Ciências da Comunicação na mesma universidade. Foi coordenadora do projeto nacional de ensino de jornalismo REC | Repórteres em Construção. Faz parte da equipa do Centro Idea-UMinho (https://idea.uminho.pt/pt), dedicado à inovação pedagógica no Ensino Superior.

Comissões


Comissão de Honra

  • Adelino Gomes
    Jornalista e Professor Universitário
  • Abílio Laceiras
    Jornalista e Dirigente Associativo na comunidade estrangeira
  • Alexandre Manuel
    Jornalista e Professor Universitário
  • António Colaço
    Movimento das Rádios Locais
  • Domingos de Andrade
    Diretor da TSF
  • João Palmeiro
    Presidente da Associação Portuguesa de Imprensa
  • Joaquim Fidalgo
    Jornalista e Professor Universitário
  • José Faustino
    Presidente da Associação Portuguesa de Rádiodifusão
  • Leonete Botelho
    Presidente da Comissão da Carteira Profissional de Jornalista
  • Luís Filipe Simões
    Presidente do Sindicato dos Jornalistas
  • Nuno Inácio
    Presidente da Associação Rádio de Inspiração Cristã
  • Maria Flor Pedroso
    Presidente da Comissão Organizadora 4º Congresso Jornalistas Portugueses
  • Mário Mesquita
    Jornalista e Professor Universitário
  • Martim Santos
    Diretor da RTP Madeira - Televisão Regional mais antiga
  • Paulo Ribeiro
    Presidente da Associação Imprensa de Inspiração Cristã
  • Paulo Simões
    Diretor do Açoriano Oriental - Jornal Regional mais antigo
  • Pedro Brinca
    Fundador do Setúbal na Rede - Primeiro OCS digital
  • Sebastião Póvoas
    Presidente do Conselho Regulador da ERC
Comissão Científica

  • Ana Isabel Reis
    Universidade do Porto
  • Arminda do Paço
    Universidade da Beira Interior
  • António Granado
    Universidade Nova de Lisboa
  • Joaquim Fidalgo
    Universidade do Minho
  • Carlos Camponez
    Universidade de Coimbra
  • João Canavilhas
    Universidade da Beira Interior
  • João Carlos Correia - Presidente
    Universidade da Beira Interior
  • José Ricardo Carvalheiro
    Universidade da Beira Interior
  • Luís Bonixe
    Instituto Politécnico de Portalegre
  • Marisa Torres da Silva
    Universidade Nova de Lisboa
  • Paulo Faustino
    Universidade do Porto
  • Pedro Jerónimo
    Universidade da Beira Interior
  • Sandra Marinho
    Universidade do Minho
  • Vitor Tomé
    Universidade Autónoma de Lisboa
Comissão Organizadora
  • Aline Grupillo
  • Anabela Gradim
  • Gisela Gonçalves
  • Giovanni Ramos
  • João Carlos Correia
  • José Ricardo Carvalheiro
  • Nuno Francisco (Presidente)
  • Pedro Jerónimo
  • Rafael Mangana
  • Ricardo Morais
  • Sónia Sá

Formação



A organização do #ENJMR21, em parceria com a Google, promove três momentos de formação online para jornalistas. Os inscritos no encontro têm prioridade.


17h00

Fundamentos para Jornalismo Digital


Esta sessão irá fornecer dicas práticas de pesquisa com exemplos. Vamos destacar as ferramentas para ajudar os participantes a verificar o conteúdo dos media sociais no Google. Iremos apontar para ferramentas de jornalismo de dados que ajudam a pesquisar e visualizar informação, nomeadamente como o Google Trends pode complementar a narrativa. De notícias de última hora a artigos longos, usaremos o Google Maps e o Google Earth, mostrando como podem complementar as publicações nos media sociais ou adicionar um elemento visual aos seus artigos. Os participantes nesta sessão vão ter a oportunidade de contactar com uma variedade de ferramentas e exemplos!


17h00

Verificação Digital


Um dos maiores desafios enfrentados por todas as organizações de notícias hoje é distinguir o que é real. De imagens alteradas e vídeos manipulados, para identificar e impedir a propagação de falsidades, esta sessão examinará toda a gama de desinformação e mentiras que circulam.


17h00

Visual Storytelling


Aprenda a dar vida às suas histórias e torná-las mais envolventes usando ferramentas gratuitas do Google, para criar todos os tipos de visualizações. Construa e personalize gráficos interativos ou crie um vídeo animado, para mostrar aos seus leitores onde a ação ocorreu. Exploraremos ferramentas como Flourish, MyMaps e Earth Studio. Inspire-se e pratique com esta oficina!

Contactos

Re/media.Lab (LabCom)
remedialab@labcom.ubi.pt

Localização

Universidade da Beira Interior
Rua Marquês D'Ávila e Bolama
6201-001 Covilhã, Portugal

Telefone
(+351) 275 242 026 / ext. 1510

Facebook